segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

MINHA NORA É UM ESPETÁCULO


Minha nora é um espetáculo, cabelos castanhos pelo meio da costa, 1,60 de altura, mingon, seios pequeninos, bunbum medio, e uma xaninha de por qualquer coroa ajoelhado, de beleza então nem se fala, ela é linda, lábios carnudos, olhos azuis, enfim é um espetáculo,Pois bem, dia desses comprei um calcinha para minha esposa, que tem o mesmo corpo que ela mas mais madura é claro, e mais alta. Uma calcinha estilo shortinho jeans, desfiado nas pernas, com um bolsinho atras, mesma cor e a costura do mesmo estilo, minha mulher ficou muito gostosa quando vestiu, achou tão bonitinha que mostrou para a nora, que tambem adorou. Nomeio da semana aparece em casa minha nora gostosa, e a tal calcinha estava pendurada no varal, ela a olhou e comentou:--´-Ó a sogra já usou o presente...---Usou , e ficou muito bom---É mesmo, conta como ficou...Fiquei meio constrangido, poi nunca tinhamos falado dessas coisas.---Ah, ficou legal , oras...---Mas legal como?---Legal pô...---Mas é uma gracinha mesmo, fiquei com inveja, nunca tinha visto uma assim, onde o sr .comprou.?


Tentei explicar-lhe mas ela disse que para ela não daria tempo para comprar pois fica contra mão. ---Posso experimentar a da sogrinha, pra ver se fica boa em mim.?---Pode claro. Ela pagou a calcinha do varal e foi para o quarto, ouvi quando ela gritou. ---Sogrinho não vai na sala agora que eu vou me olhar no espelho. É um espelho grande qu temos na sala, da pra ver o corpo inteiro.---Ui sogrinho ficou uma lindeza, o sr compra uma pra mim? Claro sem ninguem saber.---Claro que compro.---Até parece um shortinho mesmo, vem ver.Eu fui e já sabia o que me esperava, aquele corpinho tenro, bem delineado, ali na minha frente , quando ela virou-se de frente para mim e levantou a camiseta, que vi a costura enfiada entre os grande lábios da sua buceta, pude perceber que ela tem uma buceta daquelas capô de fusca,---E ai, ficou bom? não da pra sair na rua assim?---Não com ela atolada assim...---Ai, tá mostrando muito?---Claro que está, voce esta sem calcinha por baixo?---Claro que estou a calcinha é essa.---Se voce colocar uma calcinha por baixo vai virar um shortinho. ---Vou colocar pro sr. ver se fica bom...e ai ficou melhor?---Ficou, mas agora perdeu a graça...---Como assim???---É que quando estava só a calcinha , sem a calcinha ficou mais bonita.---O sr. tem que decidir qual jeito é melhor...---Assim até que da pra sair na rua, mas do outro jeito é pra ficar em casa, é muito mais bonita e sensual, delineia mas a sua xaninha...---Que bonitinho o sr. falar a minha xaninha.---Msa é mesmo, apesar dela ser gordinha voce é pequenina, então tem que ser xaninha...---O sr. não acha que se for menor , vai ficar melhor...---Essa é M. ---Olha só vou lá na loja e compro é rapidinho. ---O sr. faz isso por mim?---O que eu não faço por voce. Sai como um doido, entrei na loja , comprei e voltei, quando cheguei , não tinha gasto nem meia hora, ela estava só com a calcinha normal, e camiseta, tomei um susto, era uma calcinha bem fininha com detalhes de uma renda lilás e bolinhas roxas, uma verdadeira deusa.---Ai, ai, ai menina quer matar o sogro?---Não sei porque o sr. já tinha vista de calcinha, achei que não teria problema.Eu estava com um short de malha e inevitavelmente o pau endureceu, os meus 22cm não é facil de disfarçar, muito menos esconder e já começava me deixar sem jeito e ela já tinha percebido, ela saiu e foi ao quarto experimentar a nova calcinha, quando voltou, um verdadeiro escandalo, menor ela tinha ficado mais sexi ainda, e deixava aparecer parte dos lábios vaginais. ---Essa ficou melhor, mas não dá para sair na rua não, nem pensar. ---Claro , essa mostra quase tudo, falando nisso , a xaninha é peladinha?---Ai, dá pra ver???---Claro que dá.---É sim...---Voce é muito fofa, e muito linda tambem. ---O sr. falou muito fofa de mim?---Agora que eu sei , de voce inteira, antigamente eu falava de voce sua beleza e da sua bundinha que acho linda, agora tua xaninha é mais fofa de tudo...---Tá saidinho, falando tudo o que quer né sogrinho, mas sério ficou bom? Levantei a camiseta, e ela pode ver,---O que voce acha?---Ai, sogrinho...nossa agora o sr.me pegou...é o que eu tô pensando....aika meu...é muito grande. Nesse momento pude perceber devido o azul do jeans, e calcinha atolada na racha que sua bucetinha estava enxarcada.---E porque esta duro assim?---Ora menina , eu sou teu sogro mas sou de carne e osso, o sangue corre em minhas veias, e acima de tudo eu sou homem, e pelo que dá pra perceber pela sua calcinha voce é mulher e tambem tem sangue correndo pelo corpo, isso porque voce esta com esse top que esconde teus biquinhos, eles devem estar durinhos. Devo dizer que a culpa não é nossa, sim do nosso instinto.---Ai, o sr. sabe todas as respostas, assim eu fico envergonhada. ---Pra que é besteira, tem coisas que a gente não conbsegue controlar, como a ereção por exemplo, e os seus peitinhos, e a xaninha toda lambuzada...---O sr. tá gostando?---Mas claro que sim, apesar de voce ser a mulher do meu filho, voce é uma coisinha linda, muito gostozinha, uma tentação.Sei tambem que meu filho fez aquela operação e voce esta carente, subindo pelas paredes, voce só não previu que cheegasse onde chegou.---Não mesmo, e agora o que o sr. deve estar pensando de mim?---Nada que te desabone, como mulher do meu filho, estou sim pensando, que isso é tesão, voce eu sempre tratei como a uma filha, apesar da tentação, nunca deixei de te olhar com desejo, mas sempre com muito respeito, portanto culpemos o tesão...---Estou morta de vergonha, ouvindo sermão do meu sogrinho.---Nada , eu não passaria um sermão em voce, principalmente porque estou gostando, não iria te espantar, vai trabalhar ainda?---Vou, mas o que voce vai fazer pra gente comer?---Sabe que é só voce pedir que eu faço.Ela veia até mim e deu-me um beijo no rosto e me acarinhou dizendo:---Voce é demais sogrinho, te amo. ---Posso pedir uma coisa?Vai lá dentro e tira esse sutiã, eu gosto de ver seus biquinhos durinhos, voce é linda demais, e não é todo dia que a gente tem uma oportunidade dessas...---Me ajuda tirar? Soltei o fecho de seu sutiã, ela virou-se de frente para mim.---Assim?Gostou?---São lindos...---Voce não esta vendo...---Mas pra mim ja basta, já esta bom demais. ---Posso ficar aqui, te olhando?---Pode não, deve, assim eu tambem te olho. Ela sentou-se na cadeira, e toda vez que eu passava por ela quando ia apanhar alguma coisa na geladeira passava a mão em seu rosto seus cabelos, ela se derretia toda...---Como voce é carinhoso, diferente do seu filho, não é só comigo não, para a sogra tambem, qualquer mulher se derrete toda, com tanto carinho.---E fica meladinha né...---Mas tambem é safado que só, isso são modos de falar com a norinha...Ela briu as pernas e puxando ainda mais a calcinha pra cima , mostrando sua buceta carnuda, falou:---Olha só o que o voce fez, ainda bem que é a minha e não a da sogra, senão teria que lavar e como iria explicar?---Caiu no tanque com agua, e coloquei pra secar novamente.Ta falando de voce mas olha só do jeito que voce me deixou. E segurando o pau por cima do short mostrei-lhe...---Mas é muito grande...voce tambem fez a mesma operação do seu filho né?---Fiz, porque...?---Tou curiosa...---Pra ver como é que fica?---É mas tou com vergonha de te pedir...---Vergonha a essas altura do campeonato, mas tudo bem, nem tudo esta perdido, voce é uma gracinha. ---A sogra outro dia me contou o que voces fazem aqui enquanto voce cozinha...tudo isso me deixa curiosa e eu fico assim. ---É , ela fica sentadinha ai, mas senta-se toda arreganhada pra eu ver a sua calcinha, e as vezes até sem calcinha, na cozinha é o lugar que eu mais gosto de fazer sacanagem, e a melhor coisa do mundo é a sacagem.---Isso que estamos fazendo é sacanagem?---É mas não é uma sacanegem explicita, é uma sacanagem velada, voce esta com tesão?---Acho que stou, nãao para de escorrer, os bicos estão doloridos...---Vou tirar o short, pra ficarmos com mais tesão, voce vai ver como eu tambem fico meladinho. Tirei o short, estava com uma cueca branca , bem fininha, semi tranparente, vi quando seus olhos cresceram e engoliu seco...---Vici, agora ficou maior ainda, e tá todo meladinho mesmo, estou vendo daqui, a cabeça fica pra fora, eu não estava entendendo é isso. Apriximei-me dela e coloquei o pau pra fora. ---Olha era isso que voce estava querendo ver, pra entender?---Ai sogrinho, que bonito, é grosso...---Assustada?---Um pouco, mas é grooosso mesmo, não cobre a cabeça?---Não, tenta pra voce ver...---Ai sogrinho, estou sem jeito, ---Mas ta querendo...---Ai, tenho vergonha mas tô.---Da aqui a tua mão, olha, é assim, segura firme...----Ah, isso eu sei...Ela tentava cobrir a cabeça, mas sem conseguir...---Gostou?---Ai,ai,ai, não pergunta essas coisas, que eu não sei responder, e voce gostou?---Claro, amei. Voltei para o fogão...---Cuidado vai se queimar...---Já estou acostumado, e voce vai me deixar ver a sua bucetinha peladinha...?---Lá vem voce com essas perguntas...---Tá bom então, tira a calcinha ai ...---Assim é melhor eu tenho que obedecer...Quando via aquela coisa mais linda ser descoberta, a racha dela é longa, o capô de fusca é lindo---Pronto agora voce não ve mais a minha calcinha meladinha.---Posso ver mais de perto?Agachei, ela estava sentada na cadeira, , abriu as pernas , peguei seus pé e coloquei nos meus ombros e aproximei minha boca, daqula xaninha, cor de rosa forte, um buraquinho muito estreito, um grelinho avantajado e comecei beijar bem devagar, passando a lingua em sua fenda, aquele cheiro de feromonio invadiu as minhas narinas, olhei para cima seus olhos estavam fechados e sua respiração ofegante, mordia os lábios, e gemia baixinho, seus musculos todos retezados, eu eu mosdendo vagarozamente aquela que a té então era a buceta mais bonita que ja tinha visto, ela era vibrante foi se avermelhando, seu grelinho se avolumando, e eu ochupava com volupia, e ela se contorcia, com uma minhoca, percebi que iria gozar, segurou a minha cabeça e pressionava de encontro a sua vulva e soltou o primeiro grito----Ahggggghhhhh....uuuuuuiiiiiiii......ai....ai....ai....hummmmmmm que delicia, isso morde.....isssssoooooo vai.....morde......aaaaiiiiiiiiii....como é bom........vai continua.....vai......issssooooooassssimmmmm....AI.....AI...... que delicia..... ai......ai............... e foi parando e suspirando lentamente, respiração descompassada---Ai, sogrinho, não faz isso com sua norinha não, voce judiou de mim acho que voce não me ama mais---Agora te amo mais ainda, que xaninha gostosa, hummmmm, to com o teu gostinho na boca...---Ai que nojento...nunca fui chupada assim...---Tambem, nuca teve um coroa de 54 anos.---Vem aqui sogrinho... deixa eu agora.... Chegui perto dela ela segurou meu pau e começou beijando a cabeça,...---Ai parece até que sou uma daquelas atrizes porno, olha o tamanho desse pau, não cabe na boca, hum mas é tão gostoso, hummmm salgadinho e gosmentinho, .Eu alizava seus peitinhos com os bicos durinhos, aquele montinho de carne dura, deliciosos, e ela chpava e beijava, lambia, segurando meu saco e mexendo as bolas, abaixou a cabeça e chupava meu saco.Pedi que parasse, ---Deixa eu dar uma olhada na lazanha, se queimar a gente fica sem, só tem essa.Olhei a lazanha e voltei para o que estava fazendo---Levanta...oloquei o pau em suas coxas e comecei esfregar em sua rachinha, ela só gemia, pedi que virasse de costas e agachase na cadeira, e lambuzando a sua bucetinha comecei pressionar no seu buraquinho, ---Ai, vai devagar sogrinho...---Calma, toda paciencia do mundo...---Ui sogrinho, parece uma brasa....---Tá doendo?----Só um pouquinho, tá erdendo, parece que tá rasgando...voce não vai colocar tudo né...--- Voce é quem manda, se voce pedir para parar eu paro...---Dói, mas é bom, ai que gostoso, já tá no fundo, não dá nem pra me mexer...---Daqui a pouco voce acostuma...---Nossa mas tá pegando fogo....---Da uma reboladinha devagar....---Assim...? Ui com é bom...é tudo de bom.... ai, ta passando a dor, ta ficando melhor. Dai então ela começo rebolar e empurrar seu corpo pra tras e meu pau foi entrando, entrando até que sentim meu pubis colado a sua bunda.---Ai, sogrinho, entrou tudo....não credito...tudo aquilo dentro de mim.---Não de disse, com jeitinho, tudo dá certo, Ela toda dengosa, ---Ai sogrinho como é bom, hummmm, nunca imaginei, que meu sogrinho iria me desvirginar.E na verdade, titri seu cabaço, ou melhor arrombei a sua buceta pois até sangue saiu, mas ela aguentou...---Perdi o cabaço duas vezes pro pai e pro filho, eu não sou demais? Ali em pé na cozinha, ela gozou a segunda vez, ficou literalmente alucinada e arrombada. ---Vem sogrinho, enquanto a lazanha esfria, vamos na cama...deita ai...Hummmmm é assim que eu gosto mais. Ela subiu sobre mim como se eu fosse o seu cavalinho e me fodeu gostoso, subia delscia rebolava, gemia urrava, apertava os peitinhos, e a pica cravada em sua buceta---Ai que delicia, ai que pintão, ....com é bom....issso me fode sogrinho....hummmmm que gostoso, teu pinto, vou querer sempre, ai que gostoso vou gozar de novo, .... e foi assim ela gozou. Ali deitado na mesma posição ela começo a chupar-me e falou: E---Eu não gosto de fazer isso mas, esse pinto merece, uma cena de filme pornô, e assim me chupou até que eu gozasse.---E ai sogrinho, tou aprovada?Ai, to toda dolorida.---Mais do que aprovada, eleita a numero um.

Um comentário: