segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Dei a buceta pro meu compadre na frente do meu marido


Estavamos na praia, eu e meu marido Rafael, meu compadre Carlos e sua esposa Lucia e seus dois filhos aproveitando nossas férias. Ficamos na baixada santista por quatro dias. Passamos o dia na areia da Praia Grande – SP. Eu tava usando um biquini um tanto pequeno, confesso, mas eu gosto e meu marido adora. Na praia, por várias vezes vi que meu marido desviava o olhar pra comadre e percebi um certo assanhamento dele quando ela ficava em pé, pois ela realmente é uma mulher linda, corpuda.. gostosa..na linguagem masculina. Eu sou uma mulher de um belo  porte, mas pros homens, mulher diferente tem sabor mais gostoso, e não era diferente pro meu compadre que varias vezes, desviava o olhar pra minha bunda, assim, algumas vezes fazia questão de chamar sua atenção com certos movimentos, sem despertar a atenção dos outros.

De noite, ja no apartamento, assistimos filmes e filmes sentados nos sofas da sala. As crianças foram dormir no quarto pois ja estava muito tarde. ficamos apenas os quatro na sala. Em reclamava de calor e a lucia também estava ja começando a suar, então resolvi ficar só de calcinha, ja que ficamos o dia todo de biquini e sungas um na frente do outro. A luz estava apagada, mas a claridade da TV e as luzes de fora, clareavam perfeitamente o ambiente e pudemos observar que a Lucia estava de calcinha e sutian coloridos, porém eu estava de sutiã de renda e calcinha transparente o que percebia bem claramente minha buceta. Meu marido achou o máximo, porém meu compadre ficou sem graça mas não falou nada, mas percebi que seu olhar parecia um imã pra minha buceta. Conforme o filme ia rolando, meu marido ia me alisando discretamente e cada vez mais eu ficava excitada, pois estava adorando o olhar de meu compadre. Meu marido começou a ficar excitado e Carlos, meu compadre também ficou e Lucia não deixou por menos e começou a acariciar o penis de Carlos por cima da cueca. O  filme ja não estava mais sendo visto e eu ja estava muito molhada, ja dando pra ver o liquido sair pela calcinha de tanto tesão.
Eu sempre tive desejo de transar com meu marido na frente daquele casal. Minha fantasia era de que eles vissem meu marido me fodendo pra que eu gemesse e gozasse gostoso pra excita-los. Naquela noite estava dando tudo certo.
Lucia então, inesperadamente levantou-se do sofá e segurando nas mãos de Carlos, disse que estavam indo pro quarto, pois as coisas estavam esquentando ali e eles estavam com tesão e iriam se acalmar no quarto deles. Foi um balde  de água gelada sobre mim, pois ja estava imaginando sendo enrabada ali na sala e eles me vendo e por que não, uma troca de casais? Se as coias rolassem , não iria me opor. Mas eles entraram no quarto e ficamos eu e Rafael sozinhos na sala. Meu marido não deixou por menos e começou a me beijar, me acariciar e sem tirar minha calcinha, foi me penetrando, pois estava com muito tesão e confessou que estava louco pra meter na frente deles e que adoraria me ver sendo comida por Carlos. Confesso foi uma surpresa pra mim e fiquei louca de tesão. Pedi a ele então pra convidar o casal pra voltar pra sala e realizar nossas fantasias. Meu marido exitou um pouco mas foi até o quarto e percebeu a porta um pouco aberta, me chamou  e junto podemos observar Carlos e Lucia transando. Fizemos um barulho pra eles perceberem nossa presença, sem que as crianças acordassem, quando nos viram, eles pararam de transar e sairam do quarto ambos totalmente nus.
Não estava mais suportando de tesão e imediatamente puxei o Carlos pro sofa da sala, deitei-me com uma das pernas pendurada na lateral do sofa e ofereci minha buceta ao meu compadre, que inciou uma deliciosa chupeta, enfiando sua lingua deliciosamente me fazendo gemer de tesão. Meu marido Rafael ficou proximo da gente, e chupando aqueles seios maravilhosos de Lucia, pude abocanhar seu penis e enquando Carlos me chupava, eu fazia uma chupeta pro meu marido. Carlos estava insacialvel e sem perda de tempo, penetrou-me com sua vara durissima, que confesso deixei sair um gemido de cachorra vadia no cio. Fui comida loucamente, sua pica entrava e saía rapidamente e com força. Minha pele começou a arrepiar e meu folego entrou em desalinho, O tesão era tão grande que agarrei meu compadre e eu mesma fazia força pra meter de encontro naquele caralho delicioso que me possuia, estava muito louca quando começei a gozar, mas gozei tanto que dava a impressão que eu estava mijando, então Carlos tirou seu penis e pudemos ver meu gozo como um jato de esguicho. Nunca havia gozado assim, naquela proporção, Quando acabei de gozar, Carlos me botou de quatro e enfiou novamente sua enorme vara, pude então perceber que ele estava em delirio sexual. Sua batida na minha bunda era como uma máquina, sem perder o compasso e o tempo. Minhas pernas ja estavam fracas e começaram a tremer quando começei a gozar novamente. Confesso que minha pressão caiu e tive que dar um tempo pra me recuperar, pois ja não estava raciocinando direito.
Sentada num dos sofas, pude ver meu marido deitado sobre Lucia, numa posição de “frango assado” no tapeta da sala. Lucia estava delirando sendo comida por meu marido. Carlos ficou observando Lucia meter com Rafael e me disse que seu maior desejo era ver aquela cena, pois tinha muita vontade que Lucia transasse com meu marido. Perguntei se era desejo so dele ou ela também queria transar com meu marido e ele acabou confessando que o desejo estava sendo realizado, era a troca de casais, pois ele, Carlos, era vidrado por meter comigo e que seu desejo de consumo era ver a buceta de Lucia cheia de porra de meu marido.
Aquilo me excitou ainda mais e deitamos ao lado me Lucia e Rafael. Sentei em cima daquela pica adoravel e começei cavalgar e conforme me mexia, ia falando com ele se estava gostando de me comer, se queria me foder, se queria encher minha buceta de porra. Não demorou muito, percebi Rafael e Lucia gozando. Meu marido encheu a buceta de Lucia de porra, Mesmo deitados, Lucia se levantou, colocou a buceta dela na cara de Carlos e falou: Era isso que queria ver? minha buceta cheia de porra? Agora lambe ela com a porra de seu compadre.
Carlos pegou seu quadril e abocanhou a buceta de Lucia e chupou gostosamente enquanto começou a gozar na minha buceta. Foi um gozo fraco, pois percebi que o tesão estava em ve-la metendo com outro. Sai de cima dele e com jeito, puxei o quadril de Lucia sobre o penis de seu marido que entrou deslizando e pude ver o gozo dele na buceta dela. Ele gozou muito que vazava sobre sua coxa.
Enquanto eles se beijavam e transavam loucamente, coloquei meu marido no sofa e com uma perna no sofa e outra no chão, cavalguei aquela pica deliciosa de meu marido e pude sentir meu marido gozando gostoso.
Permanecemos por horas naquela sacanagem, até que resolvemos dormir e fomos pro nosso quarto. Acordamos umas quatro horas depois ja dia claro com um barulho e gemido, por incrivel que possa parecer, eu estava nos braços de meu compadre e meu marido Rafael estava transando com Lucia novamente no tapete ao lado da cama.
Achei aquilo o máximo, depois que gozaram, tomamos banho, acordamos as crianças e fomos pra praia tomar sol.
Ninca mais esqueçi aquelas ferias. To precisando de outra.

2 comentários: